Páginas

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Inferno em teus braços - Robyn Donald



Alannah sabia que não podia escapar de Nicholas Challoner. Durante um ano, ele havia planejado cuidadosamente uma vingança terrível e agora a faria pagar por ter causado a morte de sua esposa grávida. Ele a humilharia até que a dor fosse sua companheira inseparável; usaria seu corpo jovem até que ela lhe desse os filho que queria. O fato de se casar com Nicholas não diminuía sua degradação. Ao contrário: o lindo anel de safiras que ele lhe havia dado no dia do casamento  era um símbolo de escravidão. Significava que pertenceria a Nicholas enquanto ele assim o desejasse. A única coisa que podia fazer era rezar para que o marido se fartasse logo de seu corpo e arranjasse uma amante!





13 comentários:

  1. ai muito lindooooooooooooooooooooooooo esse livro :)

    ResponderExcluir
  2. História muito original,amei.Perfeito.

    Lucivone-Itabuna -Ba

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito lindo esse livro, é um dos meu favoritos!

      Excluir
    2. Rafa..me ajuda nao consigo ler

      Excluir
  3. Lindo !!!
    Super recomendo.

    ResponderExcluir
  4. Não consigo ler..me ajude Rafa. Bjus

    ResponderExcluir
  5. Nao consigo baixar.. Me envia pf.. Nayara.francielle@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é só clicar em dawloand e será aberta uma aba com a imagem do livro. Depois disso é só clicar com o botão direito do mause sobre a imagem do livro e esperar baixar o livro em pdf.

      Excluir
  6. Sofrido e tenso até as últimas páginas. Gostei da mocinha, tem personalidade fortíssima... detestei o mocinho até os últimos minutos. rsrsrs

    ResponderExcluir
  7. Gostei da história muito envolvente.

    ResponderExcluir
  8. Por incrível que pareça eu gostei do livro, sempre tenho um pé atrás com essa autora, mas já li bem piores que esse... Não acho que o mocinho tenha feito nada forçado ou contra a vontade da mocinha, que por sinal era uma chata de galocha... há ogros que além de violentos ainda são muito cafajestes, o que torna tudo muito pior, que não é o caso aqui. Concordo que o mocinho quis conquistar a mocinha, talvez os métodos empregados não sejam os mais apropriados, mas enfim, uma coisa que não se pode duvidar é do amor dele por ela... maior prova disso foi a atitude dele no final. Quanto ao tapa, eu acho que quando você entra numa briga tem que se saber quem está enfrentado e medir quais as armas que você tem pra usar, enfrentar um leão com um canivete é bobagem né! **Se fosse apontar pontos negativos da estória eu diria que a questão de um homem feito se encantar com uma adolescente de 16 anos um mês após a morte da esposa que ele dizia amar é bizarro e também o mocinho dizer que nunca tinha sido amante da tal Caroline (que ele mesmo afirma que era linda) também não convence!

    ResponderExcluir
  9. Gostei do livro, mas aquele tapa ficou na minha mente o livro todo, não consegui esquecer.

    ResponderExcluir